entrevista cliver

Café Entrevista – Cliver Honorato

É com um imenso prazer que apresento a vocês Cliver Honorato, Natural de Belo Horizonte. Diante de influências familiares e de outras advindas também de amigos, Cliver aprendeu os primeiros acordes de violão de forma autodidata. Aos quinze anos de idade se integrou a uma banda, acompanhado de Pedro Morais, e dessa parceria resultou a participação no I Festival de Música da Mostra Cauê de Arte Popular, quando tiveram uma canção selecionada e interpretada. A partir de então, Cliver passou a se dedicar de forma integral ao domínio da linguagem musical.

Entre os anos de 2004 e 2008, o músico estudou na Fundação de Educação Artística, aqui mesmo em BH. Lá, ele participou de vários cursos, entre eles: Musicalização, Análise Musical; Música Moderna; Iniciação à Regência; Técnica Vocal; Rítmica Corporal; e Composição.

Essa experiência em uma grande instituição foi um incentivo para que continuasse investindo na sua formação teórica enquanto músico. Ao mesmo tempo, Cliver associou essa formação à prática, consolidando sua trajetória profissional como membro estável de diversas casas noturnas da cidade.

Sendo assim, descobriu a relevância de se associar prática e conhecimento teórico. Ao longo dessa trajetória, foram muitas as participações em eventos de natureza diversa. Entre eles, destacam-se a produção e participação no show “Prata da Casa” do cantor e compositor Ruy Montese, a participação no show Poetizar do músico Ian Oliveira e shows ao lado da cantora Janaína Assis, além de se apresentar ao lado de Gilvan de Oliveira no palco do Teatro Sesiminas.

Semelhantes vivências colaboraram no processo de definição de seu repertório, tanto na construção dos arranjos e letras de suas próprias canções, quanto nas escolhas realizadas para os shows, que atualmente variam entre o rock urbano, a MPB e o samba.  (Adaptado do Clipping do artista)

A entrevista do vídeo em anexo, é uma produção exclusiva para o site Café com Whisky e foi gravada no próprio palácio das artes.