Rock’n’Rolla

Não! Não é mais um trocadilho infame sobre a vergonhosa ultima edição do Rock in Rio 2011, e sim uma sátira ao estilo transmitida de uma forma muito bem produzida para o cinema através, do trabalho de Guy Ritchie. Gangsters, ok, não é nenhuma novidade, mais um filme falando sobre isso meus caros, superou completamente a pouca expectativa que eu tinha sobre ele, Ritchie conseguiu colocar elementos que ainda não tinha visto em filmes do genero, como a Inglaterra sendo o cenário da história desse filme. Isso! a Inglaterra, eu nunca imaginei um filme assim tendo a terra da rainha como o “campo de guerra”. Confesso que vi esse filme sem muita esperança de ver alguma coisa boa, não sou exatamente um conhecedor da grande parte dos filmes de Ricthie e nem mesmo do gênero, estava de madrugada sem muita coisa para fazer na casa de um amigo e por que não aproveitar que ele tinha o filme e  ver? Vi o filme nessa madrugada de quita e já que não consigo dormir vou comentar um pouco do que eu achei sobre.

Assim como outros dois trabalhos do mesmo diretor (Snatch e Lock, Stock and Two Smoking Barrels) o filme segue a linha de algumas histórias em paralelo, que chamam muito a minha atenção por sempre estarem interligadas uma na outra, em Rock”n”Rolla o trillher de ação acontece na Inglaterra contemporânea quando um russo desejando fazer negócios na região contrata um mafioso local para acelerar o seu negócio e garantir retornos rentáveis, para isso acontecer um acordo é formado com o russo oferecendo seu “quadro da sorte” como amostra de que está devidamente dentro do acordo, o quadro seria devolvido assim que o negócio fosse fechado e o dinheiro ao gangster fosse pago mas como era de se esperar o dinheiro é roubado e muda o curso para uma coisa bem maior.

  One Two é o nome da personagem interpretado por  Gerard Butler que já chamou atenção no épico 300 e em outro filme que particularmente eu acho fóda código de conduta, um bandido segunda classe que está cansado de de uma vida de pequenos furtos e pequenos lucros, resolve junto com seu parceiro investir no ramo de imóveis que devido a economia e corrupção britânica havia se tornado um negócio muito lucrativo. Quando são enganados pelo gangster local (Tom Wilkinson) um inglês ganancioso, territorialista e extremamente preconceituoso com imigrantes. Dando sequência a improvável e dinâmica história que segue.

Fiquei preso no lugar vendo o filme por conta da atuação de Butler, do seu parceiro Mumbles (Idris Elba), Handsome Bob (Tom Hardy), Stella (Thandie Newton) , Archie (Mark Strong) Lenny Cole (Tom Wilkinson), e Johnny Quid (Toby Kebbell). O cenário, a direção, a trilha sonora e o roteiro bem trabalhado com um timeing muito bom mas vale ressaltar o que mais o filme passa, a ganancia das personagens em busca de conseguir dinheiro é um ponto alto, a amizade e as cicatrizes que ficam em nossas mentes quando se passa por uma infancia interompida e incomum. A corrupção exarcebada nos poderes juridico, executivo, legislativo e administrativo.

Duração de 144 minutos foi produzido em 2008 com data de lançamento no Brasil em 26 de Setembro de 2008 com o titulo Rock’n’Rolla – a grande roubada com orçamento de US$ 18,000,00 chegando a arrecadar US$ 25,739,015.

  • cellosnake7

    sabia que ia gostar .

  • http://www.facebook.com/profile.php?id=100001161824038 Lot Satoru

    Rock N Rola é muito bom, também adoro mais de uma história em filmes, principalmente quando sabem interligá-las. As personagens são bem criadas, a história é envolvente, inteligente e bem trabalhada… muito bom!

  • http://maittpyfxdtn.com/ kkuqyzf

    OD2Bdc irtowtkjwzzl, [url=http://iimzzpcqkwoa.com/]iimzzpcqkwoa[/url], [link=http://iprulzlnmjqc.com/]iprulzlnmjqc[/link], http://lthimcfbxcui.com/

  • Pingback: A Torre Negra - Nikolaj Arcel - 2017 - Café com Whisky()